Inscreva-se

Menu

O amor de Deus fez com que eu ficasse firme ao enfrentar rumores

Em meu tempo de sofrimento, encontrei o Deus verdadeiro

Em 2007, circunstâncias familiares forçaram-me a ir à Coreia do Sul para trabalhar. A vida era difícil na época e meu marido sempre saía para beber com amigas, logo, brigávamos praticamente todos os dias. O meu físico estava exausto e sentia que a vida era insuportavelmente difícil. Um dia, em setembro de 2014, uma irmã testemunhou da obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias para mim e depois de ler Suas palavras e comungar com os irmãos e irmãs, pude verificar que Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus que retornou.

Mais tarde, contei ao meu marido a verdade que aprendi. Ele ficou muito surpreso e disse: “Oh querida, você tem ido a uma igreja muito especial! Você apenas foi algumas vezes e já entende mais do que eu, que creio no Senhor há dezenas de anos”. Pouco depois, pedi a uma irmã da Igreja de Deus Todo-Poderoso para vir à nossa casa dar testemunho da obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias para o meu marido. Ela mencionou Deus Todo-Poderoso e, na hora, meu marido não disse nada. No entanto, assim que ela saiu, a reação dele foi extremamente negativa. Depois disso, uma batalha espiritual começou…

A primeira batalha: lutei contra boatos on-line com os fatos

Meu marido apontou para o nosso computador e disse: “Veja todas estas notícias negativas sobre a Igreja de Deus Todo-Poderoso. Você não pode acreditar nas coisas deles”.

Respondi: “Você não pode acreditar nas notícias on-line na China. Existem muitas distorções da verdade. Não acredito em nenhum desses relatórios on-line”.

Meu marido ficou irritado e disse: “Veja, a comunidade religiosa também não reconhece a Igreja de Deus Todo-Poderoso. Estou dizendo para você parar de acreditar nisso!”

Minha fé foi um pouco abalada por isto, e pensei: “Se as coisas on-line forem verdadeiras, devo continuar investigando? Mas se o Senhor realmente voltou e me menospreza, o que farei? Seu retorno é uma chance em um milhão de anos! Não, devo ir pessoalmente e investigar a Igreja de Deus Todo-Poderoso”.

Em uma data posterior, levei duas de minhas amigas à Igreja de Deus Todo-Poderoso. Lá notei o quanto os irmãos e irmãs pareciam modestos e exemplares, e, durante a reunião, compartilharam suas experiências de retorno a Deus e seus conhecimento e entendimento das palavras Dele. Tudo parecia muito real e fiquei muito comovida. Depois disso, exibiram alguns vídeos produzidos pela Igreja de Deus Todo-Poderoso para nós e neles vimos suas obras de testemunho por Deus que nos diziam como buscar Seu conhecimento, Sua transformação de caráter e viver à semelhança de um ser humano verdadeiro para honrar a Deus. O que vimos foi positivo e nada parecido com o que os rumores on-line descreveram. Se estes rumores fossem verdadeiros, como a Igreja de Deus Todo-Poderoso poderia espalhar o evangelho para tantas nações ao redor do mundo e atrair tantos crentes para investigar? Após a minha visita à igreja, pude deixar de lado as preocupações que tive e decidi aceitar a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias. Porém quando meu marido viu que eu estava inflexível em relação a minha fé, contou ao pastor em nossa igreja sobre a minha visita à Igreja de Deus Todo-Poderoso. Então, outra batalha espiritual começou pouco depois…

A segunda batalha: fui assediada pelo pastor e pregador, mas Deus me ajudou a permanecer firme

Um dia, o pastor e uma irmã da minha igreja original vieram à minha casa. O pastor pegou um grande pedaço de papel e me mostrou. Nele havia uma longa lista de igrejas domésticas, incluindo a Igreja de Deus Todo-Poderoso.

Ele disse: “Irmã, você deve saber que todas estas igrejas domésticas estão sendo severamente perseguidas pelo Partido Comunista Chinês. Todas elas foram consideradas hereges, em especial a Igreja de Deus Todo-Poderoso, que é a única igreja que o governo da China está atacando de forma vigorosa em particular. E nenhuma outra denominação cristã a reconhece. Você não tem lido muito da Bíblia e seu conhecimento é pouco, então por que não nos disse que esteve em contato com a Igreja de Deus Todo-Poderoso?”

Respondi: “Os comunistas chineses sempre se opuseram a Deus. Eles não admitem Sua existência e condenam o catolicismo e o cristianismo. Como podemos aceitar a perspectiva do Partido Comunista Chinês quando se trata de julgar a qualidade de outra igreja? E não podemos avaliar se Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus o qual retornou de acordo com a forma como é aceito pelas várias denominações cristãs. Embora os pastores e presbíteros de várias denominações conheçam bem a Bíblia, isso não significa que eles conheçam a Deus. É como quando o Senhor Jesus apareceu para fazer o Seu trabalho e foi pregado na cruz pelos escribas, sumos sacerdotes e fariseus.”

O pastor não tentou refutar o meu argumento naquele dia, mas depois disso ele veio à minha casa e também me assediava pelo telefone quase todos os dias. A minha determinação foi abalada de forma inevitável por tudo isto e pelas insistências do pastor. Senti também que não o estava respeitando, então por uma semana não fui à Igreja de Deus Todo-Poderoso. Mas então pensei em uma passagem na Bíblia: “Pois, assim como o relâmpago, fuzilando em uma extremidade do céu, ilumina até a outra extremidade, assim será também o Filho do homem no seu dia. Mas primeiro é necessário que ele padeça muitas coisas, e que seja rejeitado por esta geração” (Lucas 17:24-25). A aparência e a obra de Deus Todo-Poderoso são condenadas pelo Partido Comunista Chinês e pela comunidade religiosa, a qual está cumprindo o versículo da Bíblia, “Mas primeiro é necessário que ele padeça muitas coisas, e que seja rejeitado por esta geração”. A condenação do Partido Comunista Chinês e da comunidade religiosa é uma negação da obra de Deus Todo-Poderoso e está errada. Não posso me permitir ouvir o pastor sem questioná-lo. Então, comecei a ir à Igreja de Deus Todo-Poderoso novamente.

Quando meu marido descobriu que eu tinha ido à Igreja de Deus Todo-Poderoso de novo, trouxe outro pregador para nossa casa para me incitar novamente a não ir.

O pregador disse: “Ouvi que você acredita em Deus Todo-Poderoso. Você não entende a Bíblia muito bem e não tem muito conhecimento. Viemos aqui para convencê-la a mudar de ideia para o seu próprio bem. A obra de Deus Todo-Poderoso não está alinhada com a Bíblia e qualquer coisa que se afaste muito do que está na Bíblia é heresia. Você deveria ler mais a Bíblia primeiro”.

Eu respondi: “Quando o Senhor Jesus começou a fazer a Sua obra, não estava de acordo com o Antigo Testamento. Segundo o seu modo de pensar, a obra do Senhor Jesus deveria ser condenada”.

O pregador disse: “Então, como você sabe com certeza que Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus que retornou?”

Eu disse: “A Bíblia diz: ‘Logo a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Cristo’ (Romanos 10:17). Por que os judeus por fim começaram a acreditar no Senhor Jesus? Porque reconheceram a voz de Deus naquilo que o Senhor Jesus ensinava e começaram a segui-Lo. Li também muitas palavras de Deus Todo-Poderoso e vi que as Suas declarações são todas as verdades que podem me afastar do pecado e me ajudar a saber como buscar a salvação. É por isso que estou certa de que Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus que retornou. Você não leu as palavras de Deus Todo-Poderoso e não investigou a obra de Deus Todo-Poderoso, então o que lhe dá o direito de julgar com tanta indiferença?”

O pregador disse com uma voz nervosa: “Quem pensaria que após acreditar em Deus Todo-Poderoso por apenas alguns dias, você estaria pronta para discutir comigo? Certo, tudo bem. Como você está determinada a acreditar Nele, então não direi mais nada. No entanto, não a deixaremos voltar para a nossa igreja para roubar as ovelhas…”

Respondi: “Todas as ovelhas pertencem a Deus, e as Suas ovelhas ouvem a Sua voz. Quem é escolhido por Deus nunca poderá ser impedido por outro ser humano!” O pregador não teve resposta para isso e saiu com um olhar de ódio em seu rosto.

Vendo o quanto o pregador estava zangado, fiquei um pouco surpresa. Era realmente necessário que ele ficasse tão zangado só porque agora acredito em Deus Todo-Poderoso? Não pude deixar de pensar se o pastor e o pregador realmente se preocupavam com o meu bem-estar. Se de fato estivessem assumindo a responsabilidade pela vida espiritual dos irmãos e irmãs, liderando a congregação e ouvindo as notícias de que o Senhor havia retornado, deveriam tê-los conduzido a investigar imediatamente! No entanto, desde que ouviram sobre o assunto, sua atitude tem sido de inimizade. E também acreditaram em todos os rumores espalhados pelo Partido Comunista Chinês e têm criticado deliberadamente a obra de Deus em nossa igreja para impedir que os irmãos e irmãs investiguem o verdadeiro caminho. Onde está a reverência por Deus em seus corações? Tudo isto me lembrou de quando o Senhor Jesus começou sua obra e em como os escribas, os sumos sacerdotes e os fariseus, protegendo seus próprios meios de subsistência, inventaram inúmeros planos para impedir que os crentes seguissem o Senhor Jesus. Assim como Ele disse: “Mas ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque fechais aos homens o reino dos céus; pois nem vós entrais, nem aos que entrariam permitis entrar” (Mateus 23:13). Mesmo que tenham ouvido falar sobre a vinda do Senhor, o pastor e o pregador não têm o menor interesse em investigar e, até mesmo tentaram impedir-me de espalhar o evangelho entre os irmãos e irmãs. Não eram os seus métodos como os dos fariseus? Quando compreendi tudo isto, ficou claro que eu havia adquirido um pouco de discernimento sobre as verdadeiras intenções do pastor e do pregador, e isso me estimulou ainda mais a aceitar o trabalho de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias.

Mais tarde, quando o pregador viu que não conseguia me persuadir, começou a interferir no meu relacionamento com o meu marido, dizendo que ele deveria me controlar. O pastor também vinha à nossa casa para me assediar. Durante aquele período, meu marido sempre ouvia o que eles lhe diziam e, como resultado, brigamos todos os dias. Minha vida estava totalmente bagunçada por todos eles e eu estava sob uma tremenda pressão, o que me deixou irritada. A batalha espiritual estava prestes a entrar na próxima fase…

A terceira batalha: enfraqueci depois que meu marido me ameaçou com o divórcio

Um dia, meu marido me disse com raiva: “Você quer esta família ou Deus Todo-Poderoso? Se continuar acreditando Nele, então iremos nos divorciar!”

Pensei: “Nosso filho ainda é pequeno, por isso não tenho como ganhar dinheiro. Se ele se divorciar de mim, como sobreviverei no futuro? Acreditar em Deus Todo-Poderoso deveria provocar tanto sofrimento? Se eu tiver que continuar discutindo com meu marido por causa da minha fé, não há futuro para nós”. Quando pensei nisto, não pude deixar de notar que a minha determinação não estava mais tão firme.

Meu marido me fez uma promessa solene: “Se você parar de acreditar em Deus Todo-Poderoso, pararei de fumar, de beber e começarei a ouvi-la. O que você quiser que eu faça,farei.”

Pensei: “No passado, ele nunca parou de fumar e beber, não importava o que eu dissesse. Se me submeter e ele desistir, por certo será ótimo para nós. Assim, o pastor não chegará e me assediará e nós não brigaremos todos os dias. No entanto, se eu abandonar minha fé em Deus Todo-Poderoso por causa disto, como viverei com a minha consciência?”Após lutar comigo mesma, cheguei a um meio-termo: decidi não ir à Igreja de Deus Todo-Poderoso por um tempo e esperaria para ver como a situação se desenvolveria.

Quando meu marido viu que eu não frequentava a Igreja de Deus Todo-Poderoso, começou a me levar a todas as igrejas diferentes em nossa denominação. Mas toda vez que chegava em uma das igrejas e ouvia o pastor pregando as mesmas coisas antigas, ficava nostálgica sobre os momentos que passei nas reuniões da Igreja de Deus Todo-Poderoso, como todas vezes ganhei alguma iluminação e tive o meu espírito confortado.

Quando estive fraca e sem entusiasmo, o amor de Deus me guiou

Depois disso, toda vez que ia à igreja, minha cabeça começava a doer muito. Em meu coração, eu sabia que era Deus me lembrando de deixar aquela igreja e voltar rapidamente para Ele. Mas sempre que pensava em como o meu marido, o pastor e o pregador me incomodaram incessantemente, não tinha confiança para tomar uma decisão em relação a isso. Apenas me consolei dizendo que esperaria um pouco mais.

Durante aquele período, uma irmã da Igreja de Deus Todo-Poderoso me ligou algumas vezes para perguntar por que eu não tinha voltado. Dei a desculpa de estar muito ocupada e até menti dizendo que havia mudado de casa e agora morava em algum lugar distante do local de encontro. Aos poucos, meu coração começou a se afastar cada vez mais de Deus e comecei a ser sugada pelas tendências sociais. Comer, beber e buscar prazer e diversão tornaram-se meu modo de existência e muitas vezes senti uma sensação indescritível de fracasso e vazio. Eu nunca estava feliz. O que piorou foi que meu marido quebrou sua promessa de parar de beber e fumar. Senti que tinha sido enganada e, em minha mente, um vislumbre de um desejo de retornar à Igreja de Deus Todo-Poderoso apareceu. Mas ainda estava preocupada que meu marido quisesse se divorciar de mim e, depois de pensar muito, decidi não voltar para a igreja, mas ler as palavras de Deus Todo-Poderoso em casa sem deixar meu marido ver o que eu estava fazendo.

Um dia, recebi um telefonema de um parente de uma das minhas boas amigas que disse que minha amiga teve uma disputa financeira com alguém e tinha sido morta por aquela pessoa. Fiquei chocada com a notícia, em especial porque a encontrei há apenas alguns dias antes. Sua morte tinha chegado tão repentinamente e, durante esse tempo, sempre que pensava nesse caso, me assustava. Parecia que o mundo era um lugar muito escuro, onde a menor ofensa contra a pessoa errada poderia resultar em alguém morto. Mais tarde vi que as palavras de Deus Todo-Poderoso diziam: “Na terra, espíritos malignos de todos os tipos estão para sempre à espreita de um lugar para descansar e incessantemente em busca de cadáveres humanos que possam ser consumidos. Meu povo! Vocês devem permanecer dentro do Meu cuidado e proteção. Nunca sejam dissolutos! Nunca se comportem de maneira imprudente! Vocês deveriam oferecer sua lealdade em Minha casa, e só com lealdade você pode armar um contra-ataque à astúcia do diabo. As palavras de Deus me lembraram que, sem a proteção e o cuidado Dele, podemos ser engolidos por Satanás em qualquer lugar, a qualquer hora. Somente Deus é verdadeiramente confiável! Lembrei-me daquele período da minha vida quando vivia apenas por prazeres físicos. Meu coração se afastava cada vez mais de Deus e, mesmo assim, Ele não abandonou a minha salvação, mas usou a irmã para me ligar de tempos em tempos e a notícia da morte da minha amiga para me acordar e fazer voltar para o Seu lado. Quando pensei em tudo isto, pude sentir o esforço incansável que Deus havia colocado em minha salvação e senti remorso e culpa. Então, decidi voltar à Igreja de Deus Todo-Poderoso e me libertar das restrições do meu marido.

Reconstruindo a minha fé depois de entender as verdades

Quando voltei para a igreja, os irmãos e irmãs me receberam calorosamente e perguntaram o que eu tinha experimentado durante o tempo que estive ausente. Fiquei muito comovida e contei-lhes abertamente tudo o que havia acontecido comigo naquele período. Eles então leram uma passagem das palavras de Deus para mim: “Deus faz sua obra, Deus cuida de uma pessoa, olha para essa pessoa, e, enquanto isso, Satanás segue cada um de Seus passos. A quem quer que Deus favoreça, Satanás também observa, seguindo atrás dele. Se Deus quer essa pessoa, Satanás faz tudo em seu poder para obstruir Deus, usando vários artifícios malignos para tentar, interromper e destruir a obra que Deus faz, tudo isso com intuito de atingir seu objetivo oculto. Qual é esse objetivo? Ele não quer que Deus ganhe ninguém; todos aqueles que Deus quer, ele os quer para si mesmo, quer ocupá-los, controlá-los, para comandá-los para que eles o adorem, para que se juntem a ele para cometer atos malignos. Não é esse o motivo sinistro de Satanás?

Uma irmã então comungou isto: “Deus nos salva do domínio de Satanás, mas ele ainda está lá em segundo plano, tentando ao máximo nos perturbar e impedir. À primeira vista, pode parecer ser seu marido ou o pastor ou quem quer que a impeça de acreditar em Deus Todo-Poderoso, mas por trás disso há uma batalha espiritual acontecendo. Satanás sabe que acabamos de aceitar a obra de Deus e que não entendemos muitas verdades ou temos conhecimento verdadeiro ou fé em Deus e, por isso, usa as pessoas ao nosso redor para nos perturbar. Satanás quer que nos afastemos de Deus e voltemos ao seu domínio para que possamos ser pisoteados por ele e perdermos toda a chance de obter a salvação. Esta é a intenção maligna e o esquema astuto de Satanás. Se nós não enxergarmos através disso, logo cairemos facilmente na sua armadilha”.

Ela leu outra passagem das palavras de Deus: “Enquanto passam por provações, é normal que as pessoas estejam fracas ou tenham negatividade dentro delas, que lhes falte clareza quanto à vontade de Deus ou quanto à senda para a prática. Mas, em todo caso, você deve ter fé na obra de Deus e não negar Deus, assim como Jó. Embora Jó fosse fraco e amaldiçoasse o dia em que nasceu, ele não negou que todas as coisas da vida humana foram concedidas por Jeová, nem que Jeová também é Aquele que tira todas elas. Não importa quanto fosse testado, ele manteve essa fé. Na sua experiência, não importa que tipo de refinamento você passe por meio das palavras de Deus, o que Ele exige da humanidade, em resumo, é sua fé e seu amor por Ele. O que Ele aperfeiçoa ao operar assim é a fé […]. Quando Jó chegou a esse ponto, Deus lhe apareceu e falou com ele. Quer dizer, é somente de dentro de sua fé que você será capaz de ver Deus e, quando você tiver fé, Deus o aperfeiçoará. Sem fé, Ele não pode fazer isso.

Ela continuou a comunhão dizendo: “Toda tentação que encontramos foi sancionada por Deus e Ele está nos testando. Deus usa situações como estas para aperfeiçoar a nossa fé. Da mesma forma quando Jó encontrou os testes de Satanás: embora tenha sofrido tremendamente, ele pôde, por meio de sua fé e lealdade, dar testemunho de Deus e humilhar a Satanás. E, no final, ganhou bênçãos ainda maiores de Deus. Ele quer que sejamos como Jó, permanecendo firmes e testemunhando Dele diante de Satanás. Quando superarmos os testes de Satanás, veremos a sabedoria e a onipotência de Deus e teremos ainda mais fé Nele”.

Depois de ouvir as palavras de Deus Todo-Poderoso e a comunhão da irmã, tive um sentimento claro do quanto Ele se empenha para salvar as pessoas. Vi também que meu conhecimento ainda estava faltando e que eu não tinha sinal de fé verdadeira em Deus. Não reconheci a Sua onipotência e a Sua soberania e, certamente, não entendi o porquê Ele permite que Satanás nos teste. Então fiz um compromisso firme lá e me apeguei à minha lealdade, fé e testemunho para com Deus, não importa como Satanás usasse as pessoas, eventos e objetos ao meu redor para me assediar.

Ao dar testemunho de Deus, vi os Seus feitos

Quando meu marido descobriu que comecei a ir à Igreja de Deus Todo-Poderoso novamente, me ameaçou mais uma vez: “Vou perguntar mais uma vez: você quer esta família ou a sua fé em Deus Todo-Poderoso? Se você continuar acreditando Nele, teremos que nos divorciar!” E minha decisão enfraqueceu novamente ao ouvir as ameaças do meu marido, então orei às pressas a Deus: “Ó Deus! Quero Te seguir. Não quero me comprometer com meu marido. Guia-me através desta dificuldade”. Em seguida, li uma passagem da palavra de Deus: “A fé é como uma ponte de um tronco só: aqueles que se agarram abjetamente à vida terão dificuldade para cruzá-la, mas aqueles que estão prontos para se sacrificar podem atravessá-la de pé firme e sem preocupação. Se o homem abriga pensamentos tímidos e temerosos, isso é porque Satanás o enganou, temendo que cruzemos a ponte da fé para entrar em Deus.” Sim! Satanás mais uma vez tentou usar as ameaças do meu marido para atacar a minha fé em Deus. Mas eu não seria tão infiel quanto antes, porque, até então, sabia que eu era um dos seres criados por Deus, alguém que deveria adorar a Ele. Eu não deveria escolher trair a Deus só por causa de algo que meu marido disse. E, claro, tudo está sob o controle de Deus, portanto, se meu marido se divorciasse de mim ou não, também dependeria da decisão Dele. De qualquer forma, mesmo se ele se divorciasse de mim, ainda acreditaria em Deus e O seguiria até o fim.

Portanto disse ao meu marido: “Quando discutimos no passado, sempre achei que a culpa era sua e realmente pensava em me divorciar de você. Mas desde que aceitei a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias, as palavras Dele me permitiram ver muitas das minhas próprias falhas. Tenho me esforçado para aceitar e colocar em prática as Suas palavras e é por isso que não discuto muito com você ou fico brava com o nosso filho agora. Tenho visto que as palavras de Deus Todo-Poderoso são todas as verdades que podem me transformar e, portanto, não posso traí-Lo. Se você quiser se divorciar de verdade, então vamos fazê-lo!”

Ele respondeu: “Bem… sim, você realmente mudou. Posso ver isso. Na verdade, não quero me divorciar. Eu estava apenas tentando assustar você. Já que é assim, o que mais eu posso dizer? De qualquer forma, não irei mais te incomodar com a sua fé em Deus”. Quando ouvi meu marido dizer isto, dei um longo suspiro de alívio. Graças a Deus! Foram as Suas palavras que me guiaram na minha vitória sobre o teste de Satanás.

Depois disso, meu marido não tentou me impedir de acreditar em Deus Todo-Poderoso e, às vezes, até preparava uma refeição para mim quando eu voltava das reuniões da igreja. O pastor e o pregador também pararam de vir à nossa casa para me atormentar. Comecei a frequentar as reuniões regulares e cumpria com os meus deveres com os irmãos e irmãs. E à medida que entendo mais e mais verdades, tenho uma sensação de libertação e liberdade em meu coração. Graças a Deus.