Inscreva-se

Menu

A Bíblia e Deus: As obras e as palavras de Deus não podem ir além da Bíblia?

Olá, irmã Zhang Yu,

Recentemente alguém me deu testemunho da obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias, e também me deu uma cópia da palavra expressa por Ele, A Palavra manifesta em carne. Depois de ler, senti que a palavra de Deus Todo-Poderoso tem autoridade e poder e tenho certeza que as palavras de A Palavra manifesta em carne foram declaradas pelo Espírito Santo. Contudo, não entendo bem porque as palavras e a obra de Deus Todo-Poderoso vão além da Bíblia.

Zhenxin

Olá, irmã Zhenxin,

Se quisermos esclarecer essa questão, devemos, primeiro, compreender a formação e a estrutura da Bíblia. Ela é constituída pelo Antigo Testamento e o Novo Testamento. O Antigo Testamento registra a obra de Deus durante a criação terra e a obra realizada na Era da Lei. O Antigo Testamento foi registrado por Moisés e pelos profetas. O Novo Testamento registra a obra que o Senhor Jesus realizou na Judéia, foi escrito pelos discípulos de Jesus que o seguiram de perto depois que Ele partiu. No começo, essas epístolas foram espalhadas por vários lugares até que, depois de mais de 300 anos da partida do Senhor, em uma reunião, líderes religiosos de vários países selecionaram 27 epístolas dentre todas as que haviam se espalhado, organizando o Novo Testamento que temos hoje. Ou seja, na época em que o Senhor Jesus veio para realizar Sua obra, ainda não havia o Novo Testamento, ele só foi formado mais de trezentos anos depois da partida do Senhor. A Bíblia é apenas um registro e um testemunho da obra que Deus realizou no passado, é uma obra histórica escrita a partir da obra de Deus.

A obra de Deus é tem princípios. Ela não está restrita à Bíblia, mas é realizada com base no plano de Deus e nas necessidades das pessoas naquele momento. A obra de Deus vai além da Bíblia. Quando o Senhor Jesus veio à Terra para realizar a obra, Ele não seguiu as leis do Antigo Testamento. Sua obra foi além da lei, tudo o que Ele realizou foi uma nova obra que ultrapassou o Antigo Testamento. Por exemplo: o Antigo Testamento exigia que o homem adorasse a Deus no templo, mas o Senhor Jesus realizou Sua obra fora do templo, pedindo às pessoas que usassem seus corações para adorar a Deus; o Antigo Testamento exigia que o homem não trabalhasse no sábado, mas o Senhor Jesus cuidava dos enfermos no sábado; o Antigo Testamento tornou uma regra que depois que o homem comete um pecado ele só pode ser absolvido oferecendo um sacrifício, mas o Senhor Jesus disse que se as pessoas cressem Nele como seu Salvador, elas seriam absolvidos de seus pecados. Tudo isso mostra que a obra realizada pelo Senhor Jesus não era o mesmo que a obra realizada de acordo com o Antigo Testamento. A obra do Senhor Jesus foi uma nova obra que ultrapassou o Antigo Testamento. A obra de Deus nunca continua na mesma velha rotina. Ele está sempre realizando novas obra, e cada estágio da nova obra realizada por Deus tem o fim de melhor alcançar a salvação do homem.

 Além disso, o Senhor Jesus trabalhou por três anos e meio. Neste tempo, quem sabe quantas palavras Ele falou e quantos sermões Ele pregou. Os Quatro Evangelhos do Novo Testamento registram apenas uma porção limitada das palavras ditas pelo Senhor Jesus, como disse João: “E ainda muitas outras coisas há que Jesus fez; as quais, se fossem escritas uma por uma, creio que nem ainda no mundo inteiro caberiam os livros que se escrevessem” (João 21:25). Isso confirma que a palavra e a obra do Senhor Jesus não está completamente registrada dentro do Novo Testamento, então dizer que “a palavra e a obra de Deus estão todas dentro da Bíblia, nunca pode haver obra e palavra de Deus além da Bíblia” não está de acordo com os fatos.

A Bíblia profetiza: “Ainda tenho muito que vos dizer; mas vós não o podeis suportar agora. Quando vier, porém, aquele, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá o que tiver ouvido, e vos anunciará as coisas vindouras” (João 16: 12-13). “Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito dia às igrejas” (veja Apocalipse 2-3). Deus nos últimos dias ainda deve trabalhar e dizer palavras, Ele deve expressar mais verdades para suprir as pessoas, e é impossível que essas verdades entrem automaticamente na Bíblia antes que sejam ditas. Nos últimos dias, Deus retorna para salvar o homem através das palavras de julgamento que Ele expressa, e aqueles que verdadeiramente crerem Nele serão purificados e conduzidos a um destino maravilhoso. Isso cumpre a profecia presente em Apocalipse: “Eis que cedo venho; bem-aventurado aquele que guarda as palavras da profecia deste livro” (Apocalipse 22:7). Se, quando Deus retornar, Ele for incapaz de ir além da Bíblia, como nós acreditamos, então como essas profecias de que Deus falou poderiam ser cumpridas e acontecerem como previsto?

Deus Todo-Poderoso diz: “Se você deseja ver a obra da Era da Lei e como os israelitas seguiram o caminho de Jeová, deve ler o Antigo Testamento; se deseja entender a obra da Era da Graça, deve ler o Novo Testamento. Mas, como você vê a obra dos últimos dias? Você deve aceitar a liderança do Deus de hoje e entrar na obra de hoje, pois esta é a nova obra, e ninguém a registrou anteriormente na Bíblia. […] A obra de hoje é uma senda que o homem nunca trilhou, e um caminho que ninguém jamais viu. É obra que nunca foi feita antes — é a mais recente obra de Deus na terra. Assim, uma obra que nunca foi feita antes não é história, porque agora é agora, e ainda não se tornou o passado. As pessoas não sabem que Deus fez uma obra maior e mais recente na terra e fora de Israel, e que já foi além do escopo de Israel, além das previsões dos profetas, uma obra nova e maravilhosa fora das profecias, obra mais nova além de Israel, obra que as pessoas não podem perceber nem imaginar. Como a Bíblia poderia conter registros explícitos de tal obra? Quem poderia ter registrado cada pedacinho da obra de hoje, sem omissão, antecipadamente?” Da palavra de Deus podemos entender que a obra Dele é sempre nova e nunca antiga, e não se repete. Em todas as épocas, Deus realizará um novo estágio da obra, e essa nova obra, naturalmente, não estará registrada na Bíblia. Por isso, não podemos usar a Bíblia para limitar e examinar a obra de Deus. Nos últimos dias, Deus tornou-se novamente carne, para realizar a obra de expressar palavras de julgamento para purificar o homem. A palavra e a obra de Deus cumprem as profecias do Apocalipse. Nós, que cremos em Deus e O seguimos, não confinamos Deus à Bíblia, pois Ele é um Deus verdadeiro e vivo, e tudo o que Ele faz é para salvar e purificar o homem. Se formos capazes de reconhecer o objetivo da obra de Deus de salvar o homem e entendermos que a obra e a palavra Dele servem para fazer com que nós joguemos fora nossos caracteres corruptos e nos libertemos das amarras e restrições de nossos pecados, então receberemos as verdades que vêm de Deus e a obra do julgamento de Deus nos últimos dias. Se não seguirmos a nova obra de Deus, se nos apegarmos cegamente à Bíblia, se ficarmos restritos e limitados pela Bíblia, sem buscar as reais intenções de Deus, não estaremos seguindo a senda que fracassa em nossa crença em Deus?

O que podemos aceitar e entender também tem seus limites. Espero que a comunhão acima lhe seja útil em seus estudos da obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias. Se ainda existe algo que você não entende, por favor, escreva de volta!

Zhang Yu

Veja também:

O Filho do homem até do sábado é o Senhor

Por que Deus precisa tornar-se carne para operar e salvar o homem

Deixe uma resposta