Inscreva-se

Menu

O significado de Deus adotar o nome Deus Todo-Poderoso na Era do Reino

Versos da Bíblia para referência:

Chamar-te-ão por um nome novo, que a boca de Jeová designará” (Isaías 62:2).

A quem vencer, Eu o farei coluna no templo do Meu Deus, donde jamais sairá; e escreverei sobre ele o nome do Meu Deus, e o nome da cidade do Meu Deus, a nova Jerusalém, que desce do céu, da parte do Meu Deus, e também o Meu novo nome” (Apocalipse 3:12).

Eu sou o Alfa e o Ômega, diz o Senhor Deus, aquele que é, e que era, e que há de vir, o Todo-Poderoso” (Apocalipse 1:8).

Dizendo: Graças Te damos, Senhor Deus Todo-Poderoso, que és, e que eras, porque tens tomado o Teu grande poder, e começaste a reinar” (Apocalipse 11:17).

Grandes e admiráveis são as Tuas obras, ó Senhor Deus Todo-Poderoso; justos e verdadeiros são os Teus caminhos, ó Rei dos séculos” (Apocalipse 15:3).

Palavras de Deus relevantes:

Desde que Deus Todo-Poderoso — o Rei do reino — foi testemunhado, o escopo da gestão de Deus se desdobrou inteiramente através do universo inteiro. Não só a aparição de Deus foi testemunhada na China, como o nome de Deus Todo-Poderoso foi testemunhado em todas as nações e em todas as terras. Todos estão chamando esse santo nome, buscando ter comunhão com Deus por todos os meios possíveis, entendendo a vontade de Deus Todo-Poderoso e servindo coordenadamente na igreja. O Espírito Santo opera dessa maneira maravilhosa.

Extraído de ‘Capítulo 8’ das Declarações de Cristo no princípio em “A Palavra manifesta em carne”

Embora todos, Jeová, Jesus, e o Messias, representem Meu Espírito, tais nomes apenas denotam as diferentes eras de Meu plano de gestão e não Me representam em Minha totalidade. Os nomes pelos quais as pessoas da terra Me chamam não podem articular Meu caráter todo e tudo o que sou. Eles são simplesmente nomes distintos pelos quais Eu sou chamado durante diferentes eras. Assim, quando a era final, a era dos últimos dias, chegar, Meu nome irá mudar novamente. Não serei chamado de Jeová, nem de Jesus, e menos ainda de Messias, mas serei chamado de o Próprio Deus Todo-Poderoso forte, e sob tal nome porei fim a toda a era. Já fui conhecido como Jeová. Também já fui chamado de Messias, e as pessoas uma vez Me chamaram de Jesus, o Salvador, porque elas Me amavam e respeitavam. Mas hoje não sou o Jeová ou o Jesus que as pessoas conheceram nos tempos passados; sou o Deus que voltou nos últimos dias, o Deus que irá colocar fim a esta era. Sou o Próprio Deus que Se ergue da extremidade da terra, repleto de todo o Meu caráter e pleno de autoridade, honra e glória. As pessoas nunca se envolveram Comigo, nunca Me conheceram e sempre foram ignorantes do Meu caráter. Desde a criação do mundo até hoje, nem uma só pessoa Me viu. Este é o Deus que aparece ao homem durante os últimos dias, mas que está oculto entre os homens. Ele reside entre os homens, verdadeiro e real, como o sol que arde e o fogo que flameja, cheio de poder e transbordante de autoridade. Não há uma única pessoa ou coisa que não vá ser julgada por Minhas palavras, e nem uma única pessoa ou coisa que não irá ser purificada pelo fogo ardente. Por fim, todas as nações serão abençoadas por causa de Minhas palavras, e também esmagadas em pedaços por causa de Minhas palavras. Assim, todas as pessoas durante os últimos dias irão ver que Eu sou o Salvador que voltou, Eu sou o Deus Todo-Poderoso que conquista toda a humanidade, e uma vez Eu fui a oferta pelo pecado para o homem, mas nos últimos dias, Eu também Me torno as chamas do sol que queima todas as coisas, bem como o Sol da justiça que revela todas as coisas. Tal é a Minha obra dos últimos dias. Eu assumi este nome e possuo deste caráter para que todas as pessoas possam ver que Eu sou um Deus justo, e sou o sol que arde e o fogo que flameja. Assim é para que todos possam Me adorar, o único Deus verdadeiro, e assim é para que possam ver Minha verdadeira face: não sou apenas o Deus dos israelitas e não sou apenas o Redentor; Eu sou o Deus de todas as criaturas no céu, na terra e no mar.

Extraído de ‘O Salvador já voltou sobre uma “nuvem branca”’ em “A Palavra manifesta em carne”

Em Sua obra final de concluir a era, o caráter de Deus é o de castigo e julgamento, o qual revela tudo que é injusto, julga publicamente todas as pessoas e aperfeiçoa as que O amam de verdade. Só um caráter como esse pode levar a era a um fim. Os últimos dias já chegaram. Todas as coisas serão classificadas segundo sua espécie e divididas em categorias diferentes com base em sua natureza. Esse é o momento em que Deus revela o desfecho e o destino das pessoas. Se as pessoas não passarem por castigo e julgamento, não haverá como revelar a desobediência e a injustiça delas. Só através do castigo e do julgamento é que o fim de todas as coisas pode ser revelado. O homem só mostra quem realmente é quando é castigado e julgado. O mal deve ser colocado com o mal, o bom com o bom, e as pessoas serão classificadas de acordo com a sua espécie. Através do castigo e do julgamento, o fim de todas as coisas será revelado, de modo que o mal será punido e o bem será recompensado, e todas as pessoas se tornarão submissas sob o domínio de Deus. Toda a obra deve ser realizada através de castigo e julgamento justos. Como a corrupção humana atingiu o ápice e a desobediência tem sido grave demais, só o caráter justo de Deus, que é principalmente o de castigo e julgamento e revelado durante os últimos dias, pode transformar e completar o homem plenamente. Só esse caráter pode expor o mal e dessa forma punir severamente todos os injustos. Portanto, um caráter como esse é imbuído da significância da era, e a revelação e a exibição de Seu caráter se dão por causa da obra de cada nova era. Deus não revela Seu caráter de forma arbitrária e sem significado. Se, quando o fim do homem é revelado durante os últimos dias, Deus ainda lhe conceder compaixão e amor inesgotáveis, se Ele ainda amar o homem, se não o sujeitar a um julgamento justo, mas lhe demonstrar tolerância, paciência e perdão, se Ele ainda perdoar não importando que pecados graves o homem comete, sem qualquer julgamento justo, então haveria algum dia um fim para todo o gerenciamento de Deus? Quando um caráter como esse seria capaz de levar a humanidade ao destino certo? Considere, por exemplo, um juiz sempre amoroso, bondoso e gentil. Ele ama as pessoas sem considerar os crimes que cometeram, é amoroso e tolerante seja com quem for. Quando esse juiz será capaz de chegar a um veredicto justo? Durante os últimos dias, só o julgamento justo pode classificar o homem e trazê-lo para um novo reino. Dessa forma, toda a era é levada a um fim através do justo caráter de Deus de julgar e castigar.

Extraído de ‘A visão da obra de Deus (3)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Quando Deus Se torna carne desta vez, Sua obra é expressar Seu caráter, primeiramente por meio de castigo e julgamento. Usando isso como fundamento, Ele traz mais verdade ao homem, mostra mais caminhos de prática e assim alcança Seu objetivo de conquistar o homem e salvá-lo de seu caráter corrupto. Isso está por trás da obra de Deus na Era do Reino.

Extraído do Prefácio em “A Palavra manifesta em carne”

Quando o estrondo dos sete trovões for emitido, haverá a salvação daqueles que Me amam, que Me desejam de todo coração. Todos os que pertencem a Mim e que Eu predestinei e escolhi são capazes de estar sob o Meu nome. Eles conseguem ouvir a Minha voz, que é o chamado de Deus. Que aqueles que estão nos confins da terra vejam que Eu sou justo, que Eu sou fiel, que Eu sou amor, que Eu sou compaixão, que Eu sou majestade, que Eu sou fogo devastador e que, enfim, Eu sou julgamento sem misericórdia.

Que todos no mundo vejam que Eu sou o Próprio Deus real e completo. Todos os homens estão sinceramente convencidos e nenhum deles ousa resistir a Mim de novo, julgar-Me ou mais uma vez Me difamar. Caso contrário, serão imediatamente alvo de maldição e desastres cairão sobre eles. Apenas chorarão e rangerão os dentes e provocarão sua própria destruição.

Que todos os povos saibam, que seja conhecido pelo universo e nos confins da terra, em cada lar e por todas as pessoas: Deus Todo-Poderoso é o único Deus verdadeiro; todos virão, um após o outro, se ajoelhar para O adorar e até as crianças que acabaram de aprender a falar exclamarão “Deus Todo-Poderoso”!

Extraído de ‘Capítulo 35’ das Declarações de Cristo no princípio em “A Palavra manifesta em carne”

É assim que nesta era final Meu nome será engrandecido entre as nações gentias, que Meus feitos serão vistos pelos gentios e eles Me chamarão de o Todo-Poderoso por causa de Minhas ações, e que Minhas palavras possam logo acontecer. Eu farei com que todas as pessoas saibam que Eu não sou apenas o Deus dos israelitas, mas também o Deus de todas as nações dos gentios, mesmo aqueles que Eu amaldiçoei. Eu vou deixar todas as pessoas verem que Eu sou o Deus de toda a criação. Esta é a Minha maior obra, o propósito do Meu plano de obra para os últimos dias e a única obra a ser cumprida nos últimos dias.

Extraído de ‘A obra de difundir o evangelho é também a obra de salvar o homem’ em “A Palavra manifesta em carne”