Inscreva-se

Menu

Profecias da Bíblia: Como tratar as profecias bíblicas?

A Bíblia diz: “Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação. Porque a profecia nunca foi produzida por vontade dos homens, mas os homens da parte de Deus falaram movidos pelo Espírito Santo” (2 Pedro 1:20-21). “Como faz também em todas as suas epístolas, nelas falando acerca destas coisas, mas quais há pontos difíceis de entender, que os indoutos e inconstantes torcem, como o fazem também com as outras Escrituras, para sua própria perdição” (2 Pedro 3:16). “Porque a letra mata, mas o espírito vivifica” (2 Coríntios 3:6). Estes versículos nos dizem que não podemos interpretar as profecias literalmente confiando em nossos conceitos e imaginações, porque elas são de Deus, e é apenas pela iluminação do Espírito Santo que podemos entendê-las. Entretanto, antes que as profecias sejam cumpridas, é fácil que confiemos em nossas próprias noções e as interpretemos literalmente. Isso facilita interpretar mal as profecias. E nossas interpretações absurdas enganarão a outros. Por exemplo, quando se trata das profecias sobre a chegada do Messias, os fariseus confiavam em suas próprias ideias. Antes que o Senhor Jesus nascesse, com base no significado literal das profecias em Isaías 7.14, 9.6,7 e Miquéias 5.2, eles imaginavam a chegada do Messias: Ele nasceria de uma virgem de Belém e seria chamado Emanuel; cresceria em um palácio e governaria Israel sentado em um trono. Entretanto, quando as profecias foram cumpridas, o modo como eles O imaginaram acabou sendo contraditório aos fatos. O que eles viram na verdade foi: o Senhor nasceu de Maria, casada, e na família de um carpinteiro, e foi chamado de Jesus; Ele veio de Nazaré e, no fim, foi pregado a uma cruz. Isso é muito diferente do significado literal das profecias. Assim, ainda que eles viram que a obra e pregação do Senhor Jesus tinha autoridade e poder, os fariseus não O reconheceram como o Messias prometido. Em vez disso, eles até blasfemaram contra o Senhor Jesus, dizendo que Ele dependia do príncipe dos demônios para expelir os mesmos. Desse modo, eles cometeram o pecado de blasfemar contra o Espírito Santo, ofenderam o caráter de Deus e jamais ganhariam o perdão do Senhor. E aqueles plebeus que não tinham discernimento e creram no que os fariseus disseram também perderam a salvação de Deus. A partir desse exemplo, podemos ver que devido aos fariseus se apegarem a suas imaginações e ao significado literal das profecias, arruinaram a si mesmos e a outros.

Profecias da Bíblia: Como tratar as profecias bíblicas?

Agora que dois mil anos se passaram, esta é a hora chave para saudar a vinda do Senhor. Na Bíblia há muitas profecias diferentes sobre a vinda do Senhor e com frequência as explicamos de modo literal, então temos muitas noções sobre elas. Por exemplo, quando vemos os versículos na Bíblia sobre a chegada do Senhor mencionando “à meia-noite” e “como ladrão” (Veja Apocalipse 16:15; Mateus 25:6), temos certeza, pelo significado literal, que o Senhor virá à meia-noite. Como resultado, à noite, alguns cristãos dormem usando seus casacos e calças, esperando serem arrebatados completamente vestidos. Entretanto, quando vemos que a Bíblia diz: “Vem com as nuvens, e todo olho o verá” (Apocalipse 1:7), assumimos literalmente que o Senhor retornará em uma nuvem durante o dia, aparecendo à humanidade e todos O verão. Em consequência, algumas pessoas olham com frequência para o céu, ansiando pelo dia em que o Senhor descerá de repente entre nós em uma nuvem. Em resumo, temos muitas concepções erradas sobre este tópico. As palavras de Deus dizem: “E tudo o que o homem entende é de acordo com seu significado literal e também de acordo com sua imaginação; eles estão fora de linha com os princípios da obra do Espírito Santo e não se ajustam às intenções de Deus. […] você não sabe que nenhum homem pode sondar os mistérios de Deus? Você não sabe que nenhum homem pode explicar as palavras de Deus? Você tem certeza, sem qualquer sombra da dúvida, que você foi esclarecido e iluminado pelo Espírito Santo? Certamente não foi isso que o Espírito Santo mostrou a você de maneira tão direta? Foi o Espírito Santo quem instruiu, ou suas próprias concepções levaram você a pensar assim?” As palavras de Deus nos dizem que ninguém pode sondar os mistérios Dele; confiar em nossas imaginações para interpretar as profecias literalmente não está conforme às intenções de Deus, então devemos parar de imaginar cenas da chegada do Senhor, porque não sabemos de jeito nenhum como as profecias serão realizadas antes que o próprio Deus venha para cumpri-las. Todos somos criações de Deus, e assim, não sabemos como Deus realizará Sua obra. Mesmo que alguns profetas tenham dito algumas profecias depois de receber a revelação de Deus, eles não sabiam o verdadeiro significado delas ou como elas seriam cumpridas.

Portanto, com relação às profecias sobre a volta do Senhor, devemos orar mais, ter um coração temente a Deus e uma atitude de busca humilde. Apenas assim podemos receber a iluminação do Espírito Santo e dar as boas-vindas ao Senhor. Os discípulos originais do Senhor Jesus, como Pedro, João e Natanael, não se apegaram ao significado literal das profecias ou as compararam com o que Deus fez, nem estabeleceram regras sobre como Ele viria, mas em vez disso, se concentraram em ouvir a verdade que o Senhor Jesus expressou, e viram que Sua obra era cheia de autoridade e poder, e não podia ser feita por ninguém mais. Por esse motivo, eles determinaram que o Senhor Jesus era o Messias vindouro, dando assim as boas-vindas a Ele e recebendo a salvação de Deus no fim. Esta é a senda correta pela qual eles deram as boas-vindas ao Messias. Portanto, quando se trata da questão de como tratar a volta do Senhor, devemos ser pessoas que buscam a verdade com a mente aberta. Se alguém testificar da volta do Senhor, não devemos cometer o mesmo erro dos fariseus – recusar cegamente confiando em nossas imaginações e noções, e no significado literal das profecias –, mas nós mesmos devemos buscar e investigar. Apenas com um coração que reverencia a Deus podemos ter a chance de dar as boas-vindas ao Senhor e viremos a entender como as profecias se realizarão quase sem perceber.

Veja também:

A Volta do Senhor: Qual será o sinal da volta do Senhor?

Como as profecias bíblicas sobre a segunda vinda de Jesus Cristo vão se realizar?

Deixe uma resposta