Inscreva-se

Menu

Sodoma é completamente aniquilada por ofender a ira de Deus

Deus deve destruir Sodoma

Quando viram esses dois servos, as pessoas de Sodoma não perguntaram a razão da vinda deles, nem ninguém perguntou se eles haviam vindo para propagar a vontade de Deus. Pelo contrário, elas formaram uma multidão e, sem esperar uma explicação, vieram como cães selvagens ou lobos ferozes para pegar esses dois servos. Deus observava enquanto essas coisas aconteciam? O que Deus estava pensando em Seu coração sobre esse tipo de comportamento humano, esse tipo de evento? Deus resolveu destruir a cidade; Ele não hesitaria nem esperaria, tampouco mostraria mais paciência. Seu dia havia chegado e, então, Ele iniciou a obra que desejava fazer. Assim, Gênesis 19:24-25 diz: “Então Jeová, da Sua parte, fez chover do céu enxofre e fogo sobre Sodoma e Gomorra. E subverteu aquelas cidades e toda a planície, e todos os moradores das cidades, e o que nascia da terra”. Esses dois versículos falam do método pelo qual Deus destruiu essa cidade bem como as coisas que Deus destruiu. Primeiro, a Bíblia relata que Deus queimou a cidade com fogo e que a extensão desse fogo foi suficiente para destruir todas as pessoas e tudo aquilo que crescia no solo. Ou seja, o fogo, que caiu do céu, não só destruiu a cidade, como também destruiu todas as pessoas e coisas vivas dentro dela, até não restar um único traço. Depois que a cidade foi destruída, a terra foi deixada destituída de coisas vivas; não havia mais vida, nem quaisquer sinais de vida de modo algum. A cidade havia se tornado um deserto, um lugar vazio preenchido de silêncio mortal. Não haveria mais atos malignos cometidos contra Deus naquele lugar, nem mais matança ou sangue derramado.

Por que Deus quis queimar a cidade tão completamente? O que vocês podem ver aqui? Deus realmente poderia suportar assistir à humanidade e à natureza, Suas criações próprias, serem destruídas dessa forma? Se você pode discernir a ira de Deus Jeová a partir do fogo que foi lançado do céu, então não é difícil ver o quanto Sua raiva era grande, a julgar pelos alvos de Sua destruição e pelo grau a que essa cidade foi aniquilada. Quando Deus desprezar uma cidade, Ele expedirá a Sua punição sobre ela. Quando Deus estiver desgostoso com uma cidade, Ele emitirá repetidos avisos para informar as pessoas sobre a Sua ira. Porém, quando Deus decidir destruir, pôr fim a uma cidade — isto é, quando Sua ira e majestade forem ofendidas — Ele não mais expedirá punições nem avisos. Em vez disso, Ele a destruirá diretamente. Ele a fará desaparecer completamente. Esse é o caráter justo de Deus.

Extraído de ‘O Próprio Deus, o Único II’ em “A Palavra manifesta em carne”

Próximo:

Depois da repetida resistência e hostilidade de Sodoma a Ele, Deus a erradica por completo

Deixe uma resposta