Inscreva-se

Menu

A seguir

Filme gospel "As mentiras do comunismo" (Trailer)

2,817 11/09/2018

Zhang Mingdao é um cristão da Igreja de Deus Todo-Poderoso que há muitos anos vivencia a obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias, compreende algumas verdades e consegue ver o verdadeiro sentido da vida humana. Ele decide abandonar tudo, seguir a Deus e testemunhar a obra e aparição de Deus dos últimos dias. Um dia, enquanto pregava o evangelho, Zhang Mingdao foi preso pela polícia do Partido Comunista, que o torturou de maneira desumana e o atormentou com o objetivo de forçá-lo a divulgar informações dos líderes e das finanças da igreja. Zhang Mingdao orou a Deus e confiou Nele. Ele suportou a dolorosa tortura, o tormento, o espancamento e permaneceu firme. A polícia comunista, envergonhada e com ódio, reconheceu que Zhang Mingdao não era um crente comum. Acharam que ele era um líder da Igreja de Deus Todo-Poderoso e decidiram que ele devia passar por um processo de lavagem cerebral. Para tanto, Zhang Mingdao foi levado para uma base misteriosa. Durante um mês, oficiais da China comunista, um professor do Instituto de Ciências Sociais, palestrantes acadêmicos, psicólogos e membros do clero se revezaram na luta para realizar a lavagem cerebral. Eles alternavam o uso do ateísmo, materialismo, conhecimento científico, cultura tradicional, rumores e falácias para realizarem uma lavagem cerebral à força em Zhang Mingdao e outros cristãos, oito ao todo. Os comunistas tentaram forçá-los a assinarem declarações de arrependimento em que negavam a Deus e O traíam, servindo assim à causa do Partido Comunista Chinês de prender cristãos. Zhang Mingdao e os outros usaram as palavras de Deus e o poder da pregação para refutar falácias e heresias com embasamento, levando o Partido a sofrer uma completa e vergonhosa derrota. Nesta guerra sem armas de fogo, a verdade triunfou sobre a falácia e a justiça triunfou sobre o mal. Zhang Mingdao e os outros derrotaram as forças do mal de Satanás através da confiança em Deus e O testemunharam de forma retumbante e gloriosa.

Deixe uma resposta