Inscreva-se

Menu

A seguir

Música gospel 2020 "Quando a saudação ao reino soar"

294 30/06/2020

Caso você tenha mais perguntas ou dúvidas em relação à fé, não hesite em clicar no botão no canto inferior direito da tela para conversar online conosco.

I
A Era do Reino não é como o passado.
Ela não se refere ao que o homem faz.
Pois Deus desce, faz a obra Ele mesmo,
que o homem não pode conceber nem realizar.
Quando a construção (construção) do reino começa,
o corpo encarnado de Deus começa Seu ministério.
O Rei assume o poder soberano.
O reino desceu ao mundo.
II
Tudo está no amor e na compaixão de Deus,
mas também (também) em Seu julgamento
e provação (provação).
Ele teve (Ele teve) amor e clemência pelo homem,
mesmo os que foram corrompidos.
Deus já distribuiu castigo,
mesmo quando todos
se submeteram a Ele (a Ele, a Ele, a Ele).
Mas não estão envoltos
no sofrimento e refinamento
que Deus enviou (enviou, enviou)?
Coro
Quando a saudação do reino soa,
os sete trovões também ressoam (ressoam).
Ela abala o céu e a terra,
sacudindo o empíreo;
vibra o coração do homem.
Um hino ao reino se eleva (eleva)
na nação do grande dragão vermelho,
provando que Deus a destruiu (destruiu)
e estabeleceu Seu reino na terra.
III
Deus está enviando Seus anjos (anjos, anjos)
a todas as nações do mundo (mundo)
para guiar Seus filhos e as pessoas.
Isso ajuda na Sua obra.
Deus luta na toca do dragão vermelho.
Quando as pessoas conhecerem Deus,
virem Seus feitos na carne, na carne,
esse covil desaparecerá.
Deus agora desce à nação (nação) do dragão vermelho,
Ele vira (Ele vira) Seu rosto (Seu rosto)
para todos (para todos).
O firmamento (o firmamento),
o firmamento treme.
Algum lugar (algum lugar)
está livre (livre) do julgamento de Deus
(julgamento de Deus, julgamento),
ou livre de desastres que Ele derrama?
Deus planta sementes
de desastre (de desastres) por onde Ele vai.
É um ato de salvação, de amor pelo homem.
Deus deseja fazer ainda mais pessoas
O conhecerem, O verem
e reverenciarem o Deus que não podiam ver
todos esses anos, mas que hoje é real.
de “Seguir o Cordeiro e cantar cânticos novos”

Deixe uma resposta