Inscreva-se

Menu

Como se libertar a dor da traição do marido

Olá, irmãos e irmãs do Perguntas e Resposta Espirituais,

Eu sou casada há 20 anos. Eu pensava que meu marido e eu éramos devotados um ao outro. Mas, inesperadamente, meu marido teve um caso. Fiquei muito chateada e não sei como encarar isso. Eu gostaria de perguntar: Por que a afeição matrimonial é tão frágil? Como posso escapar da angústia?

Atenciosamente,

Moyan

Olá, irmã Moyan,

Vendo sua mensagem, posso compreender como você se sente agora, porque tive a mesma experiência que você. Durante esses dias sombrios, se não fosse a orientação das palavras de Deus, eu não saberia como continuar a caminhar. Foi a orientação das palavras de Deus que me ajudou a entender porque a afeição matrimonial é tão frágil, e também me permitiu conhecer a raiz do sofrimento humano. Gradualmente, eu consegui me afastar da sombra da traição de meu marido.

Meu marido e eu éramos namorados de infância, tínhamos interesses parecidos e muitas coisas para conversar. Minha família não consentiu com nosso casamento, mas nós superamos todas as dificuldades e continuamos juntos. Depois que nos casamos, meu marido tinha muita consideração e atenção para comigo. Eu pensava que tínhamos uma profunda afeição mútua e, por isso, seríamos sempre felizes. Mas, então, a realidade me deu um tapa na cara…

Como se libertar a dor da traição do marido

Mas meu marido começou a ganhar mais dinheiro e conhecer mais pessoas,, isso também significava que ele tinha mais amigos interesseiros ao seu redor. Um dia, eu, por acidente, abri seu aplicativo de mensagens e vi uma delas. Nela, ele chamava uma mulher de “querida”. Naquele momento, eu não pude acreditar no que via. Eu não conseguia parar de tremer. Ele jurou me amar pelo resto de nossas vidas, como ele podia dar em cima de outra mulher assim? Estávamos juntos há tantos anos, como ele podia me trair? Quando questionei, ele admitiu que, de fato, tinha um caso, e disse de forma indiferente que não era nada de mais, e que muitos de seus colegas também tinham.

Naquele momento, senti como se o céu estivesse caindo sobre mim. Raiva, vergonha e impotência brotaram em minha mente. Eu não conseguia segurar a dor em meu coração e caí em lágrimas.

Nos dias depois que meu marido admitiu a traição, senti como se nada mais importasse. Eu me fechei para todas as pessoas e não disse uma palavra durante uma semana. Tão logo eu pensava na traição de meu marido, as lágrimas jorravam como água de uma represa aberta. Eu queria gastar todo o dinheiro dele para me vingar, por isso, comecei a comprar roupas e sapatos, sair para comer, etc. Contudo, mesmo gastando o dinheiro dele, eu não ficava menos chateada. Em apenas dias semanas, eu perdi oito quilos e meio de peso.

Sofrendo e impotente, eu vi as palavras de Deus dizendo: “Essas tendências surgem uma após a outra, e todas elas carregam uma influência maligna que rebaixa continuamente a humanidade, fazendo com que as pessoas percam a consciência, a humanidade e a razão, enfraquecendo sua moral e sua qualidade de caráter cada vez mais, ao ponto que podemos até dizer que a maioria das pessoas de agora não tem integridade, nem humanidade e nem qualquer consciência e muito menos qualquer razão. Então, o que são essas tendências? São tendências que você não pode ver a olho nu. Quando uma tendência nova se alastra pelo mundo, talvez apenas um pequeno número de pessoas esteja na vanguarda, agindo como formador de tendências. Elas começam fazendo alguma coisa nova, depois aceitando algum tipo de ideia ou algum tipo de perspectiva. A maioria das pessoas, contudo, será continuamente infectada, assimilada e atraída por esse tipo de tendência num estado de inconsciência, até que elas todas, sem se darem conta e involuntariamente, o aceitam e se tornam todas submersas nela e controladas por ela. Uma após a outra, tais tendências levam as pessoas, que não são de corpo e mente sãos, que não sabem o que é a verdade e que não conseguem diferenciar entre coisas positivas e negativas, a aceitá-las alegremente, bem como as visões de vida e os valores que vêm de Satanás. Elas aceitam o que Satanás lhes diz sobre como abordar a vida e o modo de viver que Satanás ‘concede’ a elas, e não têm nem a força, nem a habilidade, muito menos a consciência para resistir”.

Das palavras de Deus, entendi que a razão pela qual vivemos com tanta dor é que nós aceitamos as tendências más de Satanás. Atualmente, a moral pública está decaindo a cada dia. A pornografia é abundante e todos os tipos de visões erradas são difundidas, como“tenha uma esposa e amantes também” e “aproveite o dia para o prazer, pois a vida é curta”. Esses pensamentos distorceram a perspectiva das pessoas sobre a vida e sua ideia de amor. As pessoas perseguem essas tendências malignas e acham que ter casos e encontrar uma amante é mais uma habilidade do que uma fato para se envergonhar. Muitas famílias estão despedaçadas, e muitos casais oscilam entre o amor e o ódio e não conseguem se libertar. Meu marido me traiu porque ele também aceitou esse tipo de visão. Ele viu as pessoas ao seu redor tendo casos e fez o mesmo. Ele não sentia remorso e achava que era normal. Corrompidos por pensamentos satânicos, perdemos nossa ética e o afeto interpessoal se tornou muito frágil.

Como eu também tinha aceitado algumas outras visões satânicas, tais como “a vida é preciosa, mas amor é mais valioso”,“dar as mãos a alguém e seguir juntos até a velhice”, considerava o amor como o maior critério para minha felicidade e a única coisa que valia a pena para mim, e achava que, somente quando tivesse um amor, a vida teria sentido e valor. Entretanto, diante da traição do meu marido, vendo que meu casamento, pelo qual eu tinha dado minha vida para manter, não deu em nada, eu ficava depressiva e atordoada o dia todo. Eu parecia um cadáver ambulante. Essa era a consequência de viver sob as filosofias de Satanás, e, ainda mais importante, era o mal que Satanás fez a mim. Sem verdade e discernimento acerca dessas regras satânicas de sobrevivência, nós, humanos, não podemos evitar viver na dor e ser pisoteados por Satanás.

Mais tarde, eu vi essas palavras de Deus: “Porque a essência de Deus é santa, isso significa que somente por meio de Deus você pode caminhar pela vida na senda justa da luz; somente por meio de Deus você pode conhecer o significado da vida, somente por meio de Deus você pode viver a humanidade real e possuir e conhecer a verdade. É somente por meio de Deus que você pode obter a vida a partir da verdade. Somente o Próprio Deus pode ajudá-lo a evitar o mal e libertá-lo do dano e controle de Satanás. Além de Deus, ninguém e nada podem salvá-lo do mar de sofrimento de maneira que você não sofra mais. Isso é determinado pela essência de Deus.

Pelas palavras de Deus, entendi que Ele é a verdade, o caminho e a vida. Só Deus pode nos salvar da aflição de Satanás. Deus espera que cada um de nós possa viver feliz, adorá-Lo e ouvir Suas palavras, enquanto Satanás — que corrompe e tortura pessoas por diversão — quer que vivamos com dor. Somente quando buscamos a verdade e a ganhamos como vida, podemos evitar sermos enganados por Satanás e nos libertar da dor. Refleti sobre o fato de que, como eu não tinha discernimento sobre os meios que Satanás empregava para corromper a humanidade, eu vivia sob sombra da traição de meu marido, aprisionada pelo passado e me torturando. Esse período da minha vida me destruiu. Mas sob a orientação das palavras de Deus, vi claramente as aflições que essas tendências malignas traziam às pessoas, e também percebi que meu marido e eu éramos vítimas das tendências malignas de Satanás. Gradualmente, afastei-me da sombra da traição do meu marido.

Mais tarde, comecei a cumprir meus deveres na igreja ativamente e, hoje, vivo uma vida rica.

Irmã Moyan, não sei se minha experiência vai ajudá-la com a sua dor, mas espero que você possa ver, com clareza, pelas palavras de Deus, as consequências dessas tendências malignas que corrompem a humanidade. Nunca caia nos truques de Satanás e viva de acordo com as palavras de Deus. Que Deus lhe abençoe!

Atenciosamente,

Perguntas e Respostas Espirituais

Veja também:

1-Como conquistei um casamento

2-Uma escolha difícil após o caso da minha esposa

Deixe uma resposta