Inscreva-se

Menu

Sendo uma pessoa honesta, eu vivo corretamente

Por Xiaofang, Austrália

Sendo uma pessoa honesta, eu vivo corretamente

Assim que cheguei à Austrália, por causa da barreira de idioma fracassei várias vezes até encontrar um emprego: Às vezes, não recebia nenhuma resposta após uma entrevista de emprego; às vezes me rejeitavam por telefone mesmo. Diante de tal situação, me senti um pouco preocupada: se não conseguisse encontrar um emprego, como poderia continuar vivendo neste país desconhecido? Por causa disso, muitas vezes não conseguia dormir à noite e derramava muitas lágrimas em segredo. Algum tempo depois, uma empresária chinesa, que administrava uma empresa de serviços de limpeza, me permitiu fazer um teste, e após uma semana me contratou formalmente. Honrei bastante meu emprego, trabalhei arduamente todos os dias.

Minha chefe está nesse ramo na Austrália há mais de dez anos. Sua clientela é habitual, e têm rígidas exigências sobre limpeza. Minha chefe é séria e mal-humorada: sempre fala com seus funcionários em tom severo e, se fazem algo errado, ela os xinga sem hesitar. Então, por medo de ser maltratada ou demitida, eu ficava constantemente bastante ansiosa e todos os dias procurava focar toda a minha atenção nas minhas tarefas.

Um dia, minha chefe nos levou para a casa de um homem rico para fazer a limpeza. Antes de entrar na casa, fomos advertidas por ela a ter cuidado nas nossas atividades, porque cada móvel ali era bastante delicado e caro. Observando seu rosto severo, fiquei apreensiva. Então, em cada sala, limpei todos os cantos e espanei cada item com muita cautela, com medo de quebrar qualquer coisa pela qual eu não pudesse pagar. No entanto, o que eu mais temia aconteceu: quando eu estava limpando um interruptor na parede, sua tampa de vidro caiu de repente. Eu corri para pegá-lo, mas não consegui. Eu olhei perplexa e comecei a suar frio, pensando que estava tudo acabado. Para minha surpresa, quando peguei a tampa, descobri que estava intacta. Nessa hora, senti-me muito aliviada e pensei: “Deve ser de ótima qualidade. Não possui nenhum dano, mesmo depois de cair de uma altura assim.” Então, eu a coloquei de volta com cuidado. Vendo que parecia estar exatamente como antes, me senti muito feliz e continuei meu trabalho.

Na semana seguinte, fomos novamente para aquela casa na hora marcada e saímos depois de terminar a limpeza. No caminho para o próximo cliente, minha chefe disse meio confusa: “Isso é estranho. Ele sempre nos paga a cada duas semanas; por que ele não nos pagou dessa vez? Vou ligar para ele.” Não muito tempo depois de começar a falar com ele, começaram a brigar ao telefone. Quando ligeiramente os ouvi discutindo sobre algo quebrado, meu coração de repente ficou apertado e eu pensei: “Eles estão falando sobre a capa de vidro? Mas, não estava perfeita quando a peguei de volta? Oh, se realmente é a capa, então estou com um grande problema.” Ouvindo a voz indignada da minha chefe, fiquei muito assustada, mas não ousei dizer uma palavra. Mais tarde, o dono da casa enviou uma foto à minha chefe. Ao ver a imagem, fiquei chocada porque era a capa e estava terrivelmente rachada. Pensando que o cliente estava extorquindo dinheiro dela, minha chefe começou a gritar ao telefone. Diante de tal circunstância, eu fiquei um pouco amedrontada e minha mente estava agitada, pensando: “É minha culpa. Devo ou não dizer a verdade? Se eu não disser a verdade, serei odiada por Deus e não terei paz; além disso, talvez minha chefe perca este cliente e também o dinheiro. Mas, se eu disser a verdade, minha chefe furiosa vai me demitir imediatamente.” Ao pensar nisso, fiquei muito chateada e não consegui encontrar uma solução.

Quando chegamos à casa do próximo cliente, minha chefe ainda estava brigando com o cliente anterior. Culpada e angustiada, subi as escadas apavorada. E então, eu orei a Deus: “Deus! Estou com muito medo e me sinto responsável, porque fui eu quem quebrou a tampa. Eu deveria dizer a verdade à minha chefe, mas estou com receio de ser demitida e de não ser capaz de conseguir outro emprego se disser a verdade. Além disso, temo que, se ela continuar brigando com o cliente, ela se encrencará e poderá acabar em uma ação judicial. Deus! Agora me sinto muito assustada e impotente. O que devo fazer?”

Depois de orar a Deus, de repente, pensei nas palavras escritas em uma passagem de um livro religioso, “Em cada passo da obra que Deus faz no interior das pessoas, externamente ela parece consistir em interações entre pessoas, como se nascida de arranjos humanos ou de interferência humana. Mas nos bastidores, cada passo da obra e tudo o que acontece é uma aposta feita por Satanás diante de Deus e requer que as pessoas permaneçam firmes em seu testemunho a Deus. Veja quando Jó foi provado, por exemplo: nos bastidores, Satanás estava fazendo uma aposta com Deus, e o que aconteceu a Jó foram os feitos dos homens e a interferência dos homens. Por trás de cada passo da obra que Deus faz em vocês está a aposta de Satanás com Deus — por trás disso tudo há uma batalha. […] Assim, em tudo que você encontra há uma batalha, e quando há uma batalha dentro de você, graças à sua cooperação e seu sofrimento reais, Deus opera no seu interior. Finalmente, você consegue colocar o assunto de lado dentro de você, e a raiva é naturalmente extinta. Tal é o efeito da sua cooperação com Deus. Tudo o que as pessoas fazem exige que elas paguem certo preço em seus esforços. Sem adversidade real, elas não podem satisfazer a Deus; elas nem chegam perto de satisfazer a Deus e estão apenas cuspindo lemas vazios! Esses lemas vazios podem satisfazer a Deus? Quando Deus e Satanás lutam no reino espiritual, como você deve satisfazer a Deus e como você deve permanecer firme em seu testemunho a Ele? Você deve saber que tudo que acontece com você é uma grande provação e é o momento em que Deus precisa que você dê testemunho.

Ponderando essas palavras e pensando no que havia acontecido comigo, percebi que Deus estava me testando. Eu estava diante de uma escolha entre meus próprios interesses e a verdade que Deus exigiu que eu praticasse, e Deus estava observando minha atitude e minha escolha, assim como Satanás. Refletindo sobre meus pensamentos e ideias sobre esse assunto, descobri que, se me deixasse conduzir por minha natureza egoísta, estaria sempre protegendo meus próprios interesses. Eu estava com medo de que, se dissesse a verdade, seria ofendida pela minha chefe e seria humilhada na frente dos meus colegas, ou até mesmo seria demitida e perderia minha fonte de renda. Impulsionada por esses medos, ao ver minha chefe discutindo com o cliente para provar sua inocência, não tive coragem de admitir meu erro. Fui muito egoísta e desprezível. Por não conseguir permanecer firme em relação a Deus, fiquei na escuridão, não pude ver o rosto de Deus, e me senti reprovada e castigada em meu coração. Era o justo caráter de Deus que estava me afetando.

Naquele momento, essas palavras apareceram claramente em minha mente, “Você deve […] agir com honestidade e franqueza, falar e agir de acordo com os fatos e ser alguém que seja aberto e íntegro.” Obrigada Deus por Sua iluminação e orientação, que me permitiu entender isto: Deus espera que possamos ser sinceros e francos, e agir honestamente e de maneira correta. Somente pessoas que são verdadeiras e justas, que se sentem à vontade e com paz interior podem ser abençoadas por Deus. Naquele dia, o plano de Deus para essa situação foi purificar e mudar meu caráter corrupto e me permitir entrar na retidão sendo uma pessoa honesta. Então, tive que deixar de lado meus interesses, parar de me preocupar com o que eu enfrentaria e assumir minha responsabilidade. Mesmo que minha chefe me demitisse, eu tinha que dizer a verdade. Pensando nisso, respirei fundo e invoquei a Deus em silêncio em meu coração: “Que me dê fé e força. Conceda-me as palavras que eu devo falar.”

Então eu fui até minha chefe. Vendo seu rosto zangado, ainda me senti um pouco assustada. Mas, depois de pedir força a Deus em oração, eu tive coragem e disse a ela: “Chefe, fui eu quem quebrou a tampa. Quando caiu, achei que estava quebrada, mas ainda estava inteira quando a peguei. Então eu a coloquei de volta e continuei trabalhando sem te dizer. Eu nunca pensei que estivesse quebrada. Lamento ter te aborrecido com tudo isso. Estou disposta a pagar pelo dano.” Depois de dizer isso, senti-me bastante relaxada e esperei por sua resposta furiosa.

Para minha surpresa, minha chefe não ficou brava comigo, mas deu um suspiro de alívio e então disse para mim: “Fang, era você o tempo todo! A tampa não quebrou de uma vez por causa de sua boa qualidade e foi projetada para quebrar gradualmente. Bem, está certo. Vou pedir desculpas ao cliente e ver como resolver esse assunto. Volte ao trabalho e tenha mais cuidado a partir de agora.” Depois de ouvir isso, eu não conseguia acreditar no que estava ouvindo. Eu pensei que eu seria insultada por ela, como era de costume, e teria no mínimo que pagar pela capa, mesmo que ela não me despedisse. Então percebi que foi Deus quem fez tudo isso. Vendo os feitos de Deus, fiquei muito animada e senti a felicidade, firmeza e paz trazidas por ser uma pessoa honesta. Então silenciosamente ofereci graças e louvores a Deus em meu coração.

Não muito tempo depois, fomos para a mesma casa para fazer a limpeza como de costume. Depois de ter cometido aquele erro, trabalhei com mais atenção do que antes: cuidei dos objetos de valor com mais delicadeza e sempre lembrando, “Não devo criar problemas para minha chefe novamente”. Entretanto, estava limpando uma luminária de mesa delicada, quando inesperadamente seu abajur e a lâmpada caíram no chão da mesa, e a lâmpada quebrou em pedaços. Ao ver isso, fiquei atônita “Acabei de passar por aquela situação e agora cometo o mesmo erro. Como vou encarar minha chefe? Ela me perdoará de novo?” Eu estava tão nervosa e desorientada e não sabia o que fazer. De repente, pensei na experiência anterior e percebi que a vontade de Deus estava presente nessa questão. Então eu imediatamente clamei a Deus: “Querido Deus! Hoje, a mesma coisa aconteceu comigo. Como devo proceder?”

Depois de orar, pensei nestas palavras, “Mas, na realidade, essa questão é uma lição que você deveria estudar — uma lição sobre como temer a Deus e como evitar o mal. Ademais, aquilo com que você deveria se preocupar ainda mais é saber o que Deus está fazendo quando essa questão surge para confrontá-lo. Deus está bem ao seu lado, observando cada uma de suas palavras e ações, e observando tudo que você faz e que mudanças ocorrem em seus pensamentos — essa é a obra de Deus. […] Sempre que Deus arranja uma circunstância para você, Ele está observando em segredo, olhando para o seu coração, observando seus pensamentos e considerações, observando como você pensa, esperando para ver como você vai agir”.

Refletindo sobre essas palavras, percebi isto: Em todas as situações que encontro, sejam grandes ou pequenas, boas ou más, eu devo praticar a verdade. Da última vez, quando não pratiquei a verdade a princípio, fui vítima dos truques de Satanás e me senti constantemente angustiada. Quando a mesma coisa aconteceu, comecei a me preocupar com a humilhação e com os meus próprios interesses novamente. Deus observa tudo. Ele está olhando para os meus pensamentos e considerações e para todas as minhas ações, olhando se posso deixar de lado os meus desejos e ambições para praticar a verdade sendo uma pessoa honesta.

Então, pensei em como o Senhor Jesus uma vez disse: “Em verdade vos digo que se não vos converterdes e não vos fizerdes como crianças, de modo algum entrareis no reino dos céus” (Mateus 18:3). Deus é santo, então somente aqueles que são simples e honestos podem entrar em Seu reino. No entanto, porque fomos corrompidos por Satanás, somos tão egoístas e astutos; para defender nossos próprios interesses, nem sequer falamos uma palavra verdadeira. Como pessoas como nós podem ser qualificadas para herdar o que Deus prometeu e entrar em Seu reino?

Obrigada Deus! Tendo entendido a vontade de Deus, eu parecia ganhar uma onda de poder infinito para reconhecer meu erro bravamente. Eu sabia que praticar a verdade não era apenas admitir erros, mas também transformar meu caráter corrupto e viver como uma pessoa honesta. Então, independentemente do resultado, eu estava disposta a assumir a responsabilidade por aquela situação. Então, fui até minha chefe e, francamente, admiti meu erro. Para minha surpresa, ela me disse gentilmente: “Tudo bem, Fang. A lâmpada e o abajur já estavam quebrados, não lhe contei anteriormente. Então, nós só precisamos comprar uma nova lâmpada outro dia e colocá-la dentro. Eu vou dizer ao dono da casa. Prossiga e recolha os pedaços.” Fiquei espantada com as palavras dela, mas, logo me acalmei. Naquele momento, experimentei uma revelação repentina: este é um teste para mim. Todas as coisas contribuem para o bem dos que amam a Deus; Deus providenciou essas circunstâncias para que eu ganhasse a verdade sendo uma pessoa honesta. Pensando nisso, meu coração encheu-se de gratidão por Deus.

Milagrosamente, depois que esses dois episódios ocorreram, minha chefe severa não me maltratou mais. Em vez disso, ela me designou para fazer um trabalho mais leve e aumentou meu salário. Além do mais, o que mais me satisfez foi que a relação entre nós se tornou mais do que aquela entre empregado e empregador: ela agora me considerava sua amiga íntima. Muitas vezes ela me procurou para ter uma conversa de coração para coração comigo, expondo suas preocupações e dificuldades. Ademais, ela me ensinou como interagir com as pessoas e como me adaptar à vida na Austrália. Até meus colegas de trabalho me disseram: “Fang, nossa chefe é tão legal com você. Estamos realmente com inveja.” Ouvindo suas palavras, agradeci a Deus silenciosamente em meu coração. Eu sabia que era por praticar a honestidade, de acordo com as palavras de Deus, que eu ganharia a confiança da minha chefe. Isso tudo foi graça e bênção de Deus. Obrigada Deus!

Veja também:

O que é honestidade – Como ser uma pessoa honesta

Em vez de fazer um trabalho duvidoso, seria melhor ser honesta e corajosamente dizer “Não!”