Inscreva-se

Menu

Experiência da vida cristã: Apenas Deus é digno de ser seguido

Experiência da vida cristã: Apenas Deus é digno de ser seguido

O coração partido dos trabalhadores

No começo da primavera no Japão, o clima pode ficar frio novamente depois de esquentar subitamente. Naquele dia, embora fosse quase meio-dia, o clima ainda estava meio frio. Havia alguns pedestres na rua, então, se comparado com a rua tranquila onde estava o restaurante tipo chinês, ela era particularmente barulhenta.

Na cozinha, mais de uma dúzia de trabalhadores da China estavam ocupados. Os sons dos legumes sendo cortados, comida sendo frita e pratos sendo lavados se misturavam aos gritos dos clientes vindo da sala de refeições. Diferentes tipos de sons enchiam o ar, então parecia que todos estavam muito ocupados, e a atmosfera estava muito tensa no restaurante.

“Você é burro? Não consegue fazer nem um simples trabalho direito. Se não pegar o jeito da coisa, vai pro olho da rua”.

“E você. Está fritando os bolinhos muito devagar. Não ouviu o cliente dizer que não pode esperar muito? Você é muito burro!”

Esses sons vulgares e abusivos vieram de um homem na cozinha, e todos viraram seus olhos para um senhor de uns 50 anos com uma camisa xadrez e cabelo lustroso. Este era o dono do restaurante.

Não muito atrás do chefe, havia um homem vestindo uma camisa branca e chapéu de chef, cozinhando: o chef Lianfu. Seu trabalho era fritar comida constantemente e ele o fazia por mais de 10 horas por dia. Depois de uns anos, ele começou a sofrer de espondilose cervical e periartrite escapuloumeral. Mas para ganhar dinheiro ele não tinha escolha, senão aplicar emplastros medicinais nas áreas afetadas e continuar a trabalhar todos os dias. Às vezes, quando realmente não podia suportar a dor nas costas, ele ia até a parede da cozinha e batia suas costas com força ali para aliviar a dor. Outro homem, que estava colocando arroz em uma panela de ferro e vestia as mesmas roupas de Lianfu, mas parecia mais velho, era Lao Wang. Ele era o sous-chef e estava encarregado de fritar arroz. E ele era da mesma aldeia de Lianfu e parente do chefe. Ele já havia trabalhado há mais tempo que qualquer outro trabalhador no restaurante, mas ainda não tinha 50 anos de idade.

Briga de casal

O tempo se passou. Havia doze anos desde que Lianfu e sua esposa tinham vindo ao Japão. Naquela época, eles acalentaram o sonho de tornar-se ricos e tomaram empréstimos de agiotas num total de quase 200 mil yuanes para ir ao Japão. Depois disso, eles pagaram seus empréstimos e suas vidas estavam começando a ficar melhor. Entretanto, sua esposa ficou doente pela alta carga de trabalho e foi ao hospital. Ele ficou muito triste por isso.

Enquanto ela estava doente, a esposa de Lianfu, Xiaojuan, fez alguns bons amigos. Eles conversavam com ela alegremente todos os dias, e com frequência lhe faziam massagens. Sua condição melhorou rapidamente e, ao mesmo tempo, um sorriso se abriu no rosto de Lianfu.

Um dia, Lianfu arrastou seu corpo cansado para casa depois do trabalho como de costume. Ele cumprimentou Xiaojuan, que estava na cozinha, e foi até o sofá. No momento em que se inclinou para pegar o controle remoto da TV sobre a mesinha de centro, subitamente viu um livro ali chamado “As ovelhas de Deus ouvem a voz de Deus”. Ele o pegou e perguntou, incerto: “Onde você conseguiu este livro?”.

Sua esposa parou o que estava fazendo e saiu da cozinha. Ela gentilmente disse a Lianfu, com um sorriso: “Meus amigos me pregaram o evangelho e me deram esse livro”.

Lianfu arregalou os olhos e apontou para sua esposa, gritando: “Você não tem mais nada para fazer? Viemos ao Japão para ganhar dinheiro. Quem deixou que você cresse em Deus?”.

Xiaojuan disse, ainda sorrindo: “Nós, os crentes, caminhamos na senda adequada da vida. Apenas nos achegando perante Deus podemos nos livrar da dor e ter uma vida feliz…”.

Ele a interrompeu imediatamente e disse: “Eu fui da província de Shandong para o nordeste da China sozinho para trabalhar. Consertei pneus, fiz serviço de pedreiro, administrei um restaurante e trabalhei como caldeireiro. Peguei todo trabalho sujo ou cansativo. Tudo o que fiz foi para ganhar mais dinheiro e ter uma vida melhor, não foi? Entretanto, você não pensa em como ganhar dinheiro, mas só em crer em Deus”.

Depois de tirar seu avental, Xiaojuan sentou-se na cadeira oposta, dizendo: “Todos esses anos, trabalhamos tão duro quanto pudemos, do amanhecer ao anoitecer todos os dias para ganhar dinheiro. Como resultado, fomos afligidos por doenças. Não foi fácil para nós acumular algumas economias, e meu tratamento nos custou dinheiro. Nesses anos em que lutamos para obter dinheiro, o que ganhamos? Apenas exaustão e doenças. De fato, isso tudo é uma provação de Satanás. O tanto de dinheiro que possuímos na vida está predestinado por Deus em vez de através de nossas próprias lutas. Se Deus não nos conceder riqueza, não importa quão duro trabalhemos, será em vão. Como diz o ditado: ‘O homem propõe e Deus dispõe’. Tudo isso é baseado nas regras e predestinação de Deus”.

Lianfu ficou sem palavras e pensou: “Você começou a crer em Deus recentemente, mas o que disse é bem importante. Mas não, sou um grande homem. Como deixei que você me convencesse?”. Então ele imediatamente disse: “Mesmo que você não pense em si mesma, deve pelo menos considerar nosso filho. Nesta sociedade, as pessoas colocam o dinheiro acima de tudo. Se não tivermos dinheiro, casa ou carro, quem vai se casar com nosso filho? Ter dinheiro significa ter capital, ter dinheiro é ter tudo”.

Depois de ouvir isso, Xiaojuan respondeu: “Deus é o Criador. A vida inteira de uma pessoa é arranjada por Ele, incluindo o casamento de nosso filho. Tudo o que precisamos fazer é enfrentar isso com calma”.

O que ela disse deixou Lianfu pálido de raiva. Ele caminhou de um lado a outro da sala com suas mãos atrás das costas e depois levantou um dedo acusador para ela e disse: “Você realmente não entende nada. De agora em diante, vamos cada um tomar seu rumo. Você cuida da sua vida e eu, da minha”. Então, ele foi para o quarto e bateu a porta.

Depois disso, ele começou a dar um gelo em Xiaojuan. Ela lia as palavras de Deus, enquanto ele assistia TV. Às vezes, ele pegava no pé dela porque estava muito bravo. Quando Xiaojuan participava de reuniões, ele dizia que ela estava perturbando suas horas de descanso. Ele originalmente pensava que esse tratamento indelicado faria com que ela desistisse de sua fé; o que jamais passou pela cabeça dele é que ela não cederia um milímetro quando se tratava de crer em Deus.

Lendo secretamente os livros das palavras de Deus

Vários meses se passaram, e Lianfu descobriu que Xiaojuan estava completamente diferente de antes. No passado, ela frequentemente fazia uma cena com ele por coisas pequenas; agora, mesmo quando ele pegava no pé dela, ela não apenas não brigava com ele, como mostrava mais consideração por ele. Ele estava intrigado e se perguntava se as palavras de Deus realmente eram capazes de mudar tanto as pessoas. Ele decidiu chegar ao fundo daquilo tudo.

Um dia, quando Xiaojuan não estava em casa, Lianfu foi até a mesa de centro e pegou o livro das palavras de Deus, enquanto prestava atenção aos sons externos. Ele abriu o livro e o folheou. Chegou à seguinte passagem das palavras de Deus por acaso: “A sina do homem é controlada pelas mãos de Deus. Você é incapaz de controlar a si mesmo: apesar de estar sempre correndo e se ocupando em interesse próprio, o homem continua sendo incapaz de controlar a si mesmo. Se pudesse conhecer suas próprias expectativas, se pudesse controlar sua própria sina, você continuaria sendo um ser criado?

Ao ler esta passagem, ele pensou nas palavras que Xiaojuan com frequência lhe havia dito desde que começara a crer em Deus: “O destino do homem é determinado pelo Céu”, “Tudo do homem foi dado por Deus”, “O destino do homem está nas mãos de Deus”, e assim por diante. Sempre que ele ouvia isso, ficava cheio de conflitos. Como ele cria que “o destino de uma pessoa está em suas próprias mãos”, e que ele ganharia mais dinheiro contanto que aprendesse muitas habilidades e fizesse muitos trabalhos, ele correra para todos os lados e lutara pelo dinheiro o tempo todo por todos aqueles anos. Mas ele ainda não ganhava muito dinheiro e ficou com muitas doenças em vez disso. Por exemplo, suas costas doíam insuportavelmente como se tivesse uma grande pedra nela. Ele pensava: “Será que uma pessoa realmente não pode controlar seu próprio destino, como é dito no livro?”.

Ao ponderar sobre essa questão, ele subitamente ouviu o ranger da porta se abrindo. Então, ele fechou o livro e o colocou de volta rapidamente. Nesse momento, Xiaojuan abriu a porta e entrou na sala. Lianfu ficou em pé, fingindo que nada havia acontecido e caminhou para lá e para cá. Pensava consigo mesmo: “Não posso deixá-la perceber que li secretamente o livro dela, senão, como manterei minha reputação?”.

Sua esposa caminhou até o sofá e deu uma olhada no livro que estava sob a mesa de centro. Um sorriso começou a se desenhar em seus lábios. Ela lhe perguntou: “Você estava lendo meu livro?”

Lianfu ficou vermelho e branco sucessivamente e se sentiu nervoso, mas ainda assim respondeu com suposta calma: “Não. Por que eu leria seu livro? Não acredito nessas coisas”. Depois de beber água, Xiaojuan virou-se e foi até a cozinha. Só então ele respirou fundo e sentiu-se aliviado.

Depois disso, sempre que Xiaojuan não estava em casa, Lianfu pegava secretamente aquele livro das palavras de Deus e o lia, colocando-o de volta onde estava.

Chegam notícias de que Lao Wang estava gravemente doente

Um dia, quando todos estavam ocupados preparado comida na cozinha, o chefe veio até a porta da cozinha vindo do escritório que ficava à esquerda, com o celular nas mãos. Com uma expressão séria no rosto, disse lentamente a todos: “Lao Wang não vai melhorar. Ele está em estágio avançado de câncer nos pulmões e não vai sobreviver por muito tempo. Para ganhar dinheiro, ele trabalhou duro toda sua vida. Agora, quando suas condições de vida melhoraram, ele ficou com essa terrível doença. E ele tem só 49 anos de idade”.

Assim que essas palavras saíram de sua boca, um silêncio mortal recaiu sobre a cozinha. Tudo o que se ouvia era o som da comida fritando.

Uma das garçonetes, usando uma camiseta azul escura e uma bandana na cabeça, parou de colocar legumes nos pratos e disse com um ar de arrependimento: “Ouvi dizer que Lao Wang tinha câncer nos pulmões, mas pensei que ele viveria mais alguns anos. Tudo aconteceu tão rápido”.

Um garçom mais velho disse, com resignação: “Céus! Lao Wang ganhou dinheiro toda sua vida, mas nunca aproveitou as bênçãos de um dia sequer. Para que sua vida serviu?”

As notícias de que Lao Wang estava prestes a partir do mundo fizeram com que Lianfu sentisse uma punhalada de dor em seu coração. Quando se virou e olhou para a esquerda, onde Lao Wang havia estado em pé, seu nariz se contraiu. Uma vez eles compartilhavam do mesmo sonho e caminhavam pela mesma estrada; agora, em um piscar de olhos, esse cara que trabalhara com ele estava prestes a deixar esta vida. Ele não pôde evitar segurar um suspiro de emoção e pensou: “Todos trabalham pra caramba e não poupam esforços para ganhar dinheiro, mas quem consegue prever a distância que a morte está de nós enquanto batalhamos para ganhá-lo? Agora, a morte está vindo para Lao Wang. Quem será o próximo?”.

Acordando de um sonho

Outros dois meses se passaram e Lianfu subitamente sentiu uma dor insuportável em suas costas, que foi acompanhada por uma tosse. Seus sintomas eram exatamente os mesmos de Lao Wang. Eles tinham o mesmo sonho e agora a mesma doença. Será que seus fins também seriam os mesmos? O coração de Lianfu estava cheio de temor.

Os amigos de Xiaojuan ouviram que Lianfu estava doente, então vieram para vê-lo. Alguns lhe fizeram massagens, outros testemunharam da obra de Deus nos últimos dias para ele e comungaram sobre a provação de Satanás sobre a humanidade, a vontade de Deus de salvar a humanidade e outros aspectos assim da verdade. Ele sentiu que, o que aquelas irmãs comungaram, fazia muito sentido, então ele começou a investigar a obra de Deus nos últimos dias.

Certo momento, quando ele estava conversando com as irmãs, uma delas leu para ele uma passagem das palavras de Deus: “‘O dinheiro faz o mundo girar’ é uma filosofia de Satanás, e ela prevalece em meio à humanidade inteira, em cada sociedade humana. Você pode dizer que é uma tendência porque foi incutida no coração de cada pessoa. Nos primórdios, as pessoas não aceitavam esse dito, mas então o aceitaram tacitamente quando entraram em contato com a vida real e começaram a sentir que essas palavras eram realmente verdadeiras. […] Assim, depois que Satanás usa essa tendência para corromper as pessoas, como ela se manifesta nelas? Vocês não sentem que não poderiam sobreviver neste mundo sem qualquer dinheiro, que mesmo um dia sem dinheiro seria impossível? O status das pessoas está baseado em quanto dinheiro elas têm, e o mesmo vale para o respeito que exigem. As costas do pobre estão curvadas de vergonha, enquanto os ricos desfrutam do seu status elevado. Eles assumem uma postura ereta e altiva, falam alto e vivem com arrogância. O que esse dito e essa tendência trazem às pessoas? Não é verdade que muitas pessoas fazem qualquer sacrifício na busca de dinheiro? Muitas pessoas não perdem sua dignidade e integridade na busca de mais dinheiro? Além disso, muitas pessoas não perdem a oportunidade de cumprir seu dever e seguir a Deus por causa do dinheiro? Isso não é uma perda para as pessoas? (Sim.) Satanás não é sinistro ao usar esse método e esse dito para corromper o homem a tal ponto? Esse não é um ardil malicioso?Na medida em que você progride de se opor a esse dito popular para finalmente aceitá-lo como verdade, seu coração cai completamente nas garras de Satanás e, por isso, você inadvertidamente passa a viver segundo o dito.

A irmã então comungou isto: “Desde que nós, como humanidade, fomos corrompidos por Satanás, ele tem usado pontos de vista equivocados para enganar e nos corromper, como ‘Dinheiro não é tudo, mas sem ele, não dá para fazer nada’, ‘Dinheiro faz o mundo girar’ e ‘Dinheiro em primeiro lugar’. Quando aceitamos esses pontos de vista satânicos, começamos a estimar o dinheiro e a pensar que ele é tudo. Agora pensamos que, se tivermos dinheiro, não apenas teremos vidas maravilhosas no sentido material, mas nosso status melhorará e seremos mais confiantes ao falar e, assim, obteremos a alta consideração dos outros. Em resumo, com dinheiro, será fácil para nós fazermos qualquer coisa; sem dinheiro, é difícil para nós dar um único passo adiante. Sob o domínio desses pensamentos e opiniões, para fazer dinheiro, deixamos nossas cidades natais, labutamos e fazemos hora extra, apenas vivendo pelo dinheiro como se fôssemos máquinas de fazer dinheiro. Algumas pessoas até jogam fora suas vidas para ganhar dinheiro. Tudo sobre o que pensamos e falamos todos os dias é o dinheiro. Nossa vida inteira é sobre ele, que se tornou nossa única meta a ser atingida. Passamos a maior parte de nossas vidas ganhando dinheiro. Alguns falharam no processo de perseguir o dinheiro; alguns começaram a desfrutar da vida no sentido material, mas ainda tinham uma vida vazia, sem valor e sem significado. Portanto, perseguir o dinheiro não é uma senda verdadeira e correta para a vida humana. De fato, é um complô de Satanás. Ele usa esses pontos de vista equivocados para nos atar e afligir. Se não pudemos enxergar através dos enganos de Satanás, seremos espezinhados e enganados por ele, e finalmente perderemos nossas vidas”.

As palavras de Deus e a comunhão da irmã acordaram Lianfu. Através delas, ele entendeu que perseguir o dinheiro era um engano de Satanás e também seu meio e forma de corromper a humanidade. Pensando em retrospecto, todos os anos passados, ele havia feito qualquer trabalho sujo e cansativo para ganhar dinheiro. depois que ele foi da China para o Japão, ainda ganhou dinheiro por décadas e dificilmente tinha um dia de folga. Mas no fim, ele não apenas não ganhou muito dinheiro, como também arruinou sua saúde. Ele estava vivendo de forma difícil e exaustiva pelo dinheiro. Parecia para ele que perseguir o dinheiro podia trazer às pessoas apenas calamidades em vez de felicidade. Mais tarde, Lianfu começou a ler as palavras de Deus junto com Xiaojuan.

O falecimento de Lao Wang

Num piscar de olhos, o final do outono chegou e ficou um pouco mais frio. Havia folhas caídas nos dois lados das estradas. Naquele tempo, o coração de Lianfu estava cheio de melancolia.

Ele entrou no restaurante, que estava permeado de uma atmosfera sombria. Dois funcionários estavam arrumando as mesas e cadeiras, e o chefe estava contando dinheiro no bar. Lianfu passou pelo bar e cumprimentou seu chefe como de costume. O chefe levantou sua cabeça e olhou para Lianfu. Ele não parecia muito bem. Fez uma pausa por um instante e então disse: “A família de Lao Wang em nossa cidade natal acaba de ligar e disse que ele morreu”. Lianfu ficou chocado e perguntou com espanto: “O quê? Lao Wang morreu?”. Seu chefe fez que sim com a cabeça e disse: “Hmm”, e então abaixou sua cabeça e continuou a contar seu dinheiro. Nesse momento, uma lufada de vento de outono soprou pela cortina da porta. O garçom atrás da porta de vidro foi até ela e a fechou de um golpe. Com uma sobrancelha franzida, Lianfu caminhou até a cozinha com passos pesados. Conforme andava, dizia a si mesmo: “Lao Wang morreu. Ele realmente morreu”.

Depois de voltar para casa, Lianfu sentou-se no sofá, sentindo-se particularmente fraco. Xiaojuan lhe perguntou com preocupação o que havia acontecido. Ele lhe contou a notícia de que Lao Wang havia morrido. Depois de ouvir isso, ela disse com um longo suspiro: “Na verdade, as irmãs e eu pregamos o evangelho para ele e sua esposa, mas eles se recusaram em aceitá-lo. Lao Wang não conseguiu superar a sedução do dinheiro, e no fim, perdeu sua vida”.

Ao ouvir o que Xiaojuan disse, Lianfu ficou calado. Mais tarde, ela encontrou uma passagem das palavras de Deus para que ele lesse: “As pessoas passam a vida correndo atrás de dinheiro e fama; elas tentam se agarrar a esses montes de palha, pensando serem seus únicos recursos, como se, ao tê-los, pudessem continuar a viver, pudessem isentar-se da morte. Mas só quando estão perto de morrer elas percebem quanto essas coisas estão distantes, quão fracas são em face da morte, quão facilmente se estilhaçam, quão solitárias e desamparadas estão, sem ter para onde se voltar. Percebem que a vida não pode ser comprada com dinheiro ou fama, que não importa quanto uma pessoa é rica, não importa quanto sua posição é elevada, todas as pessoas são igualmente pobres e irrelevantes diante da morte. Percebem que o dinheiro não pode comprar a vida, que a fama não pode apagar a morte, que nem o dinheiro nem a fama podem prolongar a vida de ninguém nem por um só minuto, um só segundo.

Depois de ler as palavras de Deus, Lianfu disse com emoção genuína: “O que as palavras de Deus dizem é certo. Sempre pensei que o dinheiro poderia comprar tudo e garantir minha sobrevivência. Mas na verdade, ele não pode ser trocado por saúde, muito menos vida. Por todos esses anos, sofri de doenças por amor a ganhar dinheiro. Embora tenha gasto muito dinheiro no tratamento das doenças, os efeitos colaterais ainda permanecem. E Lao Wang – ele ganhou dinheiro metade da vida, mas no fim, teve câncer nos pulmões e faleceu. Ele vendeu sua vida por dinheiro. Não importa quanto dinheiro ele tinha, que uso ele tem agora? Não pôde prolongar sua vida em um dia sequer”.

Sua esposa disse: Sim, no passado, sempre pensamos que se tão somente tivéssemos dinheiro, seríamos admirados pelos outros e viveríamos com dignidade. Agora, finalmente sinto que todas essas coisas são vazias. Muitas estrelas e pessoas ricas têm vidas brilhantes; entretanto, quando a morte vem para eles, também ficam cheios de temor e desespero. O dinheiro não é capaz de trazer paz e alegria a nós. Deus é o Criador. Apenas vindo até a presença de Deus podemos alcançar verdadeira felicidade”. Lianfu concordou com um movimento de cabeça.

Descobrindo uma nova direção na vida

Nos dias seguintes, ele usou seu tempo livre para participar de reuniões e ler as palavras de Deus com Xiaojuan e os irmãos e irmãs. Ele teve uma sensação de libertação que jamais sentira antes.

Certa noite, quando Xiaojuan saiu para comprar comida, Lianfu sentou-se sozinho no sofá e leu esta passagem das palavras de Deus: “Se a pessoa tem uma atitude positiva em relação à soberania de Deus sobre o destino humano, então, quando olhar para trás, para a sua jornada, quando verdadeiramente começar a lidar com a soberania de Deus, ela desejará com maior sinceridade submeter-se a tudo que Deus arranjou, terá mais determinação e confiança para deixar Deus orquestrar seu destino, para parar de se rebelar contra Deus. Pois ela vê que, quando não compreende o destino, quando não entende a soberania de Deus, quando anda às cegas obstinadamente, cambaleando e tateando, através da neblina, a jornada fica difícil demais, dolorosa demais. Assim, quando as pessoas reconhecem a soberania de Deus sobre o destino humano, as inteligentes optam por conhecê-la e aceitá-la, por despedir-se dos dias penosos em que tentavam construir uma vida boa com suas duas mãos, e por parar de lutar contra o destino e de perseguir suas pretensas ‘metas de vida’ à sua maneira. Quando não se tem Deus, quando não se é capaz de vê-Lo, quando não se consegue reconhecer claramente a soberania de Deus, todo dia é sem sentido, sem valor e miserável. Onde quer que esteja, seja qual for o trabalho, os meios de vida e a busca de metas de uma pessoa, isso só lhe trará dor infindável e sofrimento irremediável, a ponto de ela não suportar olhar para trás. Só quando aceitar a soberania do Criador, se submeter a Seus arranjos e orquestrações e buscar a verdadeira vida humana, aos poucos ela se libertará de toda dor e todo sofrimento, se livrará de todo o vazio da vida.

Enquanto tentava entender as palavras de Deus, Lianfu começou a pensar em retrospecto sobre a estrada que havia tomado todos esses anos. Direcionado pela visão de vida de “dinheiro em primeiro lugar”, ele pensara que apenas tendo dinheiro poderia ter uma vida feliz e obter a mais alta consideração dos outros. Mas nunca imaginara que o que obteria em retorno era um coração partido e dor. Ele não obteve sequer um pouquinho de felicidade. Através da leitura das palavras de Deus, ele finalmente entendeu: Tudo o que devia fazer era submeter-se à soberania e arranjo de Deus, confiar a última parte de sua vida a Ele e viver por Ele. Esta era a direção correta que deveria buscar na vida.

O sol estava prestes a se pôr. O brilho do pôr-do-sol iluminou sua face através da janela e seu rosto magro se encheu de alegria.